Projeto Agenda Água na Escola está na semifinal do Prêmio ANA

Fátima (SEA), Luiz (ANA) e Gleice (GEMA) com alunos e técnicas. (Foto: Acervo GEMA)

Fátima (SEA), Luiz (ANA) e Gleice (GEMA) com alunos e técnicas. (Foto: Acervo GEMA)

O projeto Agenda Água na Escola foi selecionado na categoria Gestão de Águas e está nas semifinais do Prêmio ANA (Agência Nacional das Águas). No final de setembro, o técnico Luis Preto, da ANA, visitou escolas na Bacia Lagos São João, onde o projeto está sendo desenvolvido. Luis avaliou o comprometimento dos jovens participantes e o entendimento quanto à gestão do território e a gestão das águas. Na próxima etapa da seleção, a comissão julgadora do Prêmio ANA/2012 selecionará 3 finalistas. Os vencedores de cada categoria serão conhecidos na solenidade de premiação marcada para 5 de dezembro de 2012, no auditório da Caixa Cultural, em Brasília.

O Prêmio ANA existe desde 2006 e é concedido de 2 em 2 anos, em reconhecimento às ações que estimulam o combate à poluição e o desperdício e apontam caminhos para assegurar água de boa qualidade e volume suficiente para o desenvolvimento e a qualidade de vida dos brasileiros. Em 2012, o Prêmio ANA recebeu um número recorde de 363 inscrições. Criado em 2008, o projeto Agenda Água na Escola tem o objetivo de fortalecer a Política de Gerenciamento de Recursos Hídricos do Estado do Rio de Janeiro. Com apoio de entidades ambientalistas, prefeituras e usuários de água, o programa oferece à comunidade escolar oficinas de mobilização e nivelamento da informação ambiental, vinculadas à manutenção e recuperação de corpos hídricos.

Iniciativa da Secretaria do Estado do Ambiente (SEA), O projeto Agenda Água na Escola foi implantado na Região dos Lagos em 2009, executado pelo Grupo de Educação para o Meio Ambiente (GEMA). Feito em parceria com o Instituto Estadual do Ambiente (Inea), em 2011 a continuidade do projeto foi aprovada pela Câmara Técnica de Educação Ambiental (CTEA) do Comitê de Bacia Lagos São João e passou a receber recursos do Comitê da Bacia Hidrográfica Lagos São João. Realizado nos municípios de Rio Bonito, Silva Jardim, Casimiro de Abreu, Cabo Frio, Búzios, Arraial do Cabo, Iguaba e Araruama, o projeto alcançou 24 escolas, capacitando 480 jovens estudantes das redes de ensino estadual e municipal.

No projeto, estudantes e profissionais de educação participam de expedições ambientais de monitoramento da qualidade da água de rios próximos à unidade de ensino e de campanhas de educação ambiental que incentivam escolas a adotar trechos de rios. O técnico da ANA, Luis Preto, visitou a Escola Estadual Edmundo Silva, em Araruama, e aEscola Municipal Santos Anjos Custódios, na Praia do Siqueira, em Cabo Frio, acompanhado pela coordenadora geral do Projeto, da Secretaria Estadual do Ambiente (SEA), Fátima Casarin, da coordenadora regional do Projeto, Gleice Máira, das técnicas Michele Leite e Priscila Moura, do GEMA, diretores das escolas e jovens gestores do projeto.

Comments are closed.