CTCOM aprova Programa de Comunicação Social

As reuniões da Câmara Técnica de Comunicação Social (CTCOM) têm sido bastante dinâmicas. Foi retomado o orçamento em separado da CTCOM – e não mais unificado, junto com a Câmara Técnica de Educação Ambiental (CTEA) – como ocorreu nos dois últimos anos, até porque são duas Câmaras distintas e com funções específicas. Na última reunião, foi aprovado o Programa de Comunicação Social e Divulgação, com 17 linhas de ação, elaborado pela Tupy Comunicações e que agora será acrescido de contribuições dos membros da CTCOM.

A principal linha de ação é a dar continuidade ao jornal Voz das Águas que está em seu segundo ano e vem se consolidando como o grande veículo de informação da bacia. A apresentação do Programa trouxe os antecedentes da CTCOM, a necessidade de democratizar as informações na bacia e as possibilidades de utilização de varias mídias para atingir o público-alvo, os formadores de opinião e os membros do Comitê e Consórcio Lagos São João, dos demais comitês do Rio e do Brasil. O programa poderá ser solicitado à coordenação da CTCOM para apreciação e contribuição dos interessados.

Na ocasião, o secretário executivo do Consórcio Intermunicipal Lagos São João (CILSJ) Mário Flávio Moreira destacou a importância de fazer parcerias com empresas e instituições para tirar do papel ações projetadas no Programa. E o secretário executivo do Comitê de Bacia Hidrográfica Lagos São João (CBHLSJ), Jaime Azulay, destacou a necessidade de maior circulação das informações dentro do Comitê. “A partir de agora, qualquer pessoa pode ter acesso às informações do Comitê Lagos São João e das Câmaras Técnicas”, disse Azulay.

A equipe do jornal Voz das Águas, constituída pelas jornalistas Alessandra Calazans e Monique Barcellos, além do repórter fotográfico Edimilson Soares, foi apresentada a todos e também um ofício da Associação Brasileira de Imprensa (ABI) exaltando a qualidade do jornal.

Comments are closed.