Atitude, Água e Clima

Um olhar sobre as mudanças climáticas nas microbacias

Membros da comunidade participando do mapeamento do Rio Lontra (Foto: Divulgação)

Membros da comunidade participando do mapeamento do Rio Lontra (Foto: Divulgação)

As mudanças climáticas são o resultado do lento processo de aquecimento da Terra, causado pelo agravamento do efeito estufa. Ao longo dos anos, o aquecimento do planeta vai, aos poucos, mudando as características do clima no mundo todo. Assim, o clima hoje é diferente do que era “normal” no tempo dos nossos antepassados – 30 ou mais anos atrás.Tais mudanças têm afetado diversos ecossistemas do nosso planeta, mas pouco se sabe sobre impactos na escala local e quais medidas de adaptação são necessárias para enfrentar o problema.

Para contribuir nesta questão, o Consórcio Intermunicipal Lagos São João está desenvolvendo, em parceria com o Instituto HSBC Solidariedade, nas comunidades de Professor Souza e do Assentamento Visconde, na microbacia do Rio Lontra, em Casimiro de Abreu, o projeto piloto Atitude, Água e Clima, que tem como objetivo a construção de conhecimentos, de forma participativa, para detectar a vulnerabilidade local e desenvolver medidas de adaptação que irão integrar o Programa de Mudanças Climáticas do Comitê da Bacia Hidrográfica Lagos São João.

O primeiro passo do Projeto foi capacitar moradores, lideranças comunitárias, proprietários rurais e técnicos que atuam na microbacia para o entendimento dos conceitos hidrológicos e percepção dos estresses climáticos. Através de oficinas realizadas no salão do campo de futebol, em Professor Souza (núcleo urbano), e na sede da Associação dos Produtores Rurais no Assentamento Visconde (área rural), foram apresentados o mapa e a maquete da bacia, introduzindo conceitos relacionados a mudanças do clima e identificando a percepção da comunidade sobre as mudanças climáticas.

Nesta fase, foram identificados os períodos de seca, chuvas, defeso e plantações, e elaborou-se um calendário dos fatos marcantes para a comunidade: desmatamentos, tipos de plantações, época das retificações do rio, grandes secas e enchentes. Atualmente estão sendo realizadas saídas de campo para reconhecimento do território, levando os participantes a observar as consequências do desmatamento e possibilitando uma análise dos problemas ambientais gerados pela falta de mata ciliar nas margens do Rio Lontra.

O projeto-piloto está sendo desenvolvido em Casimiro de Abreu, na microbacia do Rio Lontra, contribuinte do Rio São João. Clique para ampliar o mapa!

O projeto-piloto está sendo desenvolvido em Casimiro de Abreu, na microbacia do Rio Lontra, contribuinte do Rio São João. Clique para ampliar o mapa!

Com nascentes na Serra do Visconde, o Lontra é contribuinte do Rio São João e sua microbacia faz limite com a bacia do Rio Macaé, tendo como divisor de águas a Serra do Mar. Endereço ecológico dos moradores da área, a microbacia do Rio Lontra está vivendo um momento de percepção da importância do cuidado com as águas. Nas oficinas do Projeto Atitude, Água e Clima, foi possível verificar como a área mudou ao longo dos anos e o desmatamento contribuiu para a mudança no clima, assim como a retificação do Rio Lontra e do Rio São João, a poluição e a presença de búfalos nas margens dos rios, causando assoreamento e erosão. Foi assinalada também a ausência de tratamento de esgoto e a presença de grandes feridas no solo, com necessidade de serem recuperadas, com sistemas agroflorestais.

A plantação de aipim, na parte baixa do assentamento, de março a junho, e de aipim, milho e banana, na parte alta, de julho a dezembro, demonstram as diferenças de clima dentro da própria microbacia, sendo que às vezes chove na parte alta e não na parte baixa. O clima está mudando e o ser humano foi o grande responsável pelas mudanças ocorridas. Nos últimos invernos, as temperaturas estiveram mais elevadas; o calor excessivo tem prejudicado as plantações. As estações do ano não estão como no passado, quando as chuvas de janeiro caiam quase todas as tardes. Este ano, praticamente não caiu nenhuma chuva. Todos esses são sintomas que já começam a determinar novas atitudes.

Comments are closed.