Dia do Meio Ambiente é amplamente comemorado nos municípios

Em Saquarema, o Fórum da Agenda 21 promoveu um debate na Câmara, com o secretário de meio ambiente, Gilmar Magalhães, vereador Rafael Pinheiro, presidente da Comissão de Meio Ambiente, João Batista, da Emater e José Alexandre, da Cedae. Fotos: Edimilson Soares

Em Saquarema, o Fórum da Agenda 21 promoveu um debate na Câmara, com o secretário de meio ambiente, Gilmar Magalhães, vereador Rafael Pinheiro, presidente da Comissão de Meio Ambiente, João Batista, da Emater e José Alexandre, da Cedae. Fotos: Edimilson Soares

O Dia do Meio Ambiente foi intensamente comemorado nos municípios da Bacia Lagos São João. Desde os primeiros dias do mês de junho, várias atividades mobilizaram estudantes, professores, técnicos, ambientalistas e comunidade em geral de Arraial do Cabo, Iguaba Grande, Silva Jardim, São Pedro da Aldeia, Cabo Frio, Araruama, Casimiro de Abreu, Armação de Búzios, Rio Bonito, Saquarema, Maricá e Cachoeiras de Macacu. O foco das atenções foi o Dia do Meio Ambiente (5 de junho), mas durante toda a semana foram feitas atividades educativas, voltadas para a necessidade de preservação e conservação do ambiente. Membros do Comitê da Bacia Lagos São João participaram de vários eventos e, entre as comemoração do meio ambiente no Estado, o Consórcio Intermunicipal Lagos São João foi homenageado pelo CRBio-2, na Câmara Municipal do Rio de Janeiro.

Leandro Coutinho, da Câmara de Pesca, na palestra sobre a Lagoa de Araruama

Leandro Coutinho, da Câmara de Pesca, na palestra sobre a Lagoa de Araruama

Além das atividades oficiais, promovidas pelas Prefeituras Municipais, os empresários também comemoraram o Dia do Meio Ambiente. Um shopping de Cabo Frio promoveu pela segunda vez debates com o tema “Meio Ambiente em Foco”, com a participação de Juarez Lopes, da ASAERLA, Mario Flavio Moreira, do CILSJ, Maria Helena Baeta Neves, do Instituto de Estudos do Mar Almirante Paulo Moreira-IEAPM, Júlio César Calvo, superintendente do Ambiente da Secretaria de Desenvolvimento da Cidade e Ambiente de Cabo Frio, entre outros. As universidades da região também promoveram debates, entre eles um Simpósio sobre Unidades de Conservação, na Universidade Cândido Mendes e, na Universidade Veiga de Almeida, houve uma exposição de materiais reciclados, além de palestras como a da secretária de Meio Ambiente de Búzios, Adrana Saad, que falou do Parque dos Corais, entre outros palestrantes.

As concessionárias de água e esgoto, Prolagos e Águas de Juturnaíba, entre outros membros que têm assento no Consórcio e no Comitê da Bacia, promoveram visitas às Estações de Tratamento e ao Reservatório de Juturnaíba. A Dois Arcos Gestão de Resíduos também abriu as portas do Aterro Sanitário, em São Pedro da Aldeia. A ONG IPEDS promoveu uma caminhada na Serra de Sapiatiba. O Projeto Pólen, da UFRJ e Petrobras, promoveu encontros com a comunidade. Houve farta distribuição de mudas, sementes e ecobags, nos municípios. Os resíduos sólidos foram debatidos, assim como o uso do solo, a energia solar, a biodiversidade, as construções sustentáveis e outros temas. Foram feitos seminários e feiras, como a do Instituto Federal Fluminense, em Cabo Frio. Este ano, as comemorações superaram todas as expectativas.

Em Iguaba, uma aula prática de monitoramento da lagoa promovida pela Prolagos

Em Iguaba, uma aula prática de monitoramento da lagoa promovida pela Prolagos

Um dos municípios que mais se destacou na programação foi Arraial do Cabo, onde foi feito o lançamento do SISLAM (Sistema de Licenciamento Ambiental Municipal) e debatidos o Parque Costa do Sol e o Geoparque, além da apresentação do Centro de Defesa Ambiental da Petrobras (CDA) e visitas à APA da Massambaba, Reserva Biológica das Orquídeas e Brejo dos Espinhos, com apoio da ONG CLEAN. Em Iguaba, foi inaugurado o Horto Municipal, foram feitas palestras e análise da água da Lagoa de Araruama, no Laboratório Móvel da Prolagos, para alunos da rede escolar. Em Araruama, foi promovido um simpósio sobre o Sistema de Licenciamento Ambiental, na Câmara Municipal, e uma exposição de fotos, entre outras atividades. Em Casimiro de Abreu, realizou-se o I Fórum Ambiental e, em Silva Jardim, ações pedagógicas em escolas e RPPNs. Em Rio Bonito, as ações incluíram combate à dengue. Em Saquarema houve debates, promovidos pelo Núcleo de Educação Ambiental da Bacia de Campos (NEA-BC), da Petrobras, junto com a OAB e, na Câmara Municipal, o primeiro ciclo de Estudos Sustentáveis, do Fórum da Agenda 21 Local.

Comments are closed.