Novos tempos no Comitê

Finalmente, após um longo período de maturação, vem à luz o Informativo Voz das Águas, do Comitê da Bacia Hidrográfica Lagos São João (CBHLSJ) com a missão de divulgar as principais ações empreendidas por este coletivo composto por três segmentos: poder público (federal, estadual e municipal), setor empresarial (formado pelos usuários das águas da bacia e outros) e sociedade civil organizada (Organizações Não Governamentais – ONGs). Nascido em novembro de 2004, no bojo do Consórcio Intermunicipal Lagos São João (CILSJ), o Comitê da Bacia Hidrográfica Lagos São João (CBHLSJ) aprovou em 2005 o seu Plano da Bacia, que foi publicado em 2006 e que previa um Programa de Comunicação Social e Divulgação, entre outras determinações.

Em outubro de 2008, a minuta de um projeto de comunicação foi apresentada em reunião do Subcomitê da Lagoa de Saquarema e, em seguida, foi levado ao conhecimento do Comitê. Não chegava a ser um programa, mas um alerta para a importância da comunicação social e divulgação das ações ambientais do Comitê, com o objetivo de promover o princípio da gestão descentralizada e participativa da bacia. Em abril de 2009, o plenário do Comitê aprovou em assembleia a criação da Câmara Técnica de Comunicação Social e Divulgação (CTCom), considerando a importância da informação para a participação social, como um direito fundamental dos cidadãos.

Assinada pelo então presidente Arnaldo Villa Nova, da ONG Viva Lagoa, e pelo secretário executivo do Comitê, Mário Flavio Moreira, a Resolução nº 22/2009 preconiza a elaboração de um Programa de Comunicação Social e Divulgação, que contemple a edição de um informativo e a remodelação do site oficial do Comitê, entre outras iniciativas. Portanto, a publicação da primeira edição do Voz das Águas vem ao encontro de uma demanda do Comitê, no sentido de dar cada vez mais transparência a suas atividades, tanto no âmbito da bacia como para além de sua fronteiras, dialogando com outros Comitês de Bacias, no Rio de Janeiro e em todo o país.

O surgimento do Voz das Águas coincide assim com um novo momento na trajetória do Comitê, justamente quando o Consórcio Intermunicipal Lagos São João, escritório executivo do Comitê da Bacia, assume a condição de entidade delegatária, funcionando como uma espécie de Agência de Águas (ver matéria na página 3). Coroando esta nova fase do Comitê, foram eleitos novos membros para sua diretoria (ver matéria nas páginas 4 e 5), tendo como presidente o publicitário Marcelo Xavier (Zelão), Prefeito de Silva Jardim, vice-presidente Carlos Gontijo, superintendente da Concessionária Águas de Juturnaíba e secretário executivo Dr. Jaime Azulay, engenheiro da Companhia Estadual de Águas de Esgoto do Rio de Janeiro (CEDAE).

Todas essas referências são sinais de uma nova era no Comitê da Bacia Hidrográfica Lagos São João que, embora representem uma continuidade das gestões anteriores, apontam também para um novo horizonte no futuro. Neste processo, com certeza o Voz das Águas vai refletir as nuances desta evolução, que passa pelo aprofundamento das questões ambientais em nossa região, na busca por uma melhor qualidade de vida, mantendo a integridade ecológica e os serviços ambientais prestados pela Bacia Hidrográfica Lagos São João.

Comments are closed.